Myspace Glitter Text
Domingo, 18 de Outubro de 2009

Entrevista traduzida dada a um jornal irlandês

Eu sou ou um gênio ou um charlatão ou um imbecil, e muitas vezes os três"

 

Robbie Williams está prestes a lançar o seu oitavo álbum. Ele aprendeu a sentar-se com estilo, está sóbrio, raspou a barba e refez a amizade com os ex-companheiros do Take That. Mas será que o Peter Pan do pop cresceu?

 

Ele fala com Lauren Murphy Robbie estava dirigindo na estrada M6 com sua namorada em novembro passado, quando percebeu que queria ser uma estrela do pop novamente. Apesar de nos últimos três anos ter ficado abrigado em sua casa em Los Angeles, de ter deixado a barba grande e espessa, de ter caído de amores e se entregando à sua paixão por aparições de fantasmas, UFO's e teorias da conspiração, ele nunca se afastou muito de música. Não realmente.

"Eu escrevi durante todo esses três anos, e esse foi o passatempo que me manteve. Mas foi como ... não se sentir como uma estrela pop durante esses três anos", diz ele.

 

"Eu não posso explicar como é que eu me sentia" Sobre o sabático: "simplesmente saí, vou me esquecer que sou um pop star e ver o que acontece":

 

Um ano depois, e ele está prestes a se lembrar de como ele se sente como pop star com o lançamento de seu oitavo álbum de estúdio Reality Killed the Video Star. É sua primeira vez desde 2006, quando lançou Rudebox, um álbum que foi considerado um fracasso, apesar das suas incursões corajosas em electropop.

 

"A mídia considerou Rudebox um monstro e deu a impressão de que eu falhei", diz ele com um resignado olhar e um encolher de ombros.

 

"Comercialmente vendeu dois milhões e meio de álbuns. Não houve qualquer promoção. Era uma espécie de álbum de intervalo, no qual eu fiz durante as férias de verão, mas eu não transmiti essa mensagem a todos, Eu amo aquele álbum. Ele mostra mais de mim do que qualquer dos outros."

 

"Mas sim, Rudebox me afetou. E também, eu sou cíclico, um pop star neurótico. No início do álbum eu estava eufórico, querendo que todos ouvissem, que achassem fantástico como eu achava. E então as opiniões vieram e não eram boas.

 

Diziam "É uma merda" E então eu saí em turnê e tive um colapso nervoso. Nem todo mundo faz isso, mas olhando pra trás na minha carreira turnê foi uma coisa que eu fiz de forma consistente. E depois de um tempo, você começa a perceber que isso se tornou um padrão na sua vida, e você pensa que isto não pode estar fazendo bem para a sua saúde. Então eu caí fora, esqueci que sou uma estrela pop, esqueci de fazer ou ser qualquer coisa e esperei pra ver o que acontecia. E então sentei no sofá, comi donuts, vi reality shows na televisão, e nada realmente aconteceu."

 

SOBRE OS PALCOS "Eu subo no palco e o medo fica comigo por horas. É horroroso"

 

Ainda assim, há pouco, ele teria feito diferente. Aos 35 anos, o filho favorito de Stoke-on-Trent, pode ser um pouco mais alinhado, e seu cabelo pode mostrar o menor sinal de envelhecimento, mas no coração, ele tem o mesmo senso de humor auto-depreciativo e um carisma inegável que escoa para fora de todos os poros recém-bronzeado.

 

Ele fala abertamente e honestamente sobre suas inseguranças. E há um monte deles. Sim, Robbie Williams, a estrela pop com um super ego é inseguro. Robbie Williams também sofre de medo do palco, uma das razões pelas quais ele não fez tour do álbum Rudebox e não vai fazer turnê deste álbum também.

 

"Eu não sou a primeira pessoa a ser abatida com medo do palco, e eu não sou a primeira pessoa cuja fase de sustos se agrava com a idade", ele dá de ombros.

 

"Costumava pisar no palco e o medo desaparecer. Agora eu piso no palco algumas vezes e o medo fica comigo durante duas horas, e não consigo nem explicar o que sinto. É absolutamente horroroso. Eu tenho esse álbum que eu amo, e eu quero que seja sucesso, que seja ouvido, e espero que as pessoas gostem tanto quanto eu gosto, mas eu não quero - ainda - me colocar em posição desconfortável de ter de 300 milhões de apresentações da tour na minha frente, e vem a noite, terceiro ou quarto, 'Estou estarrecido'.

 

" Isto pode ser difícil de acreditar para quem viu a sua muito falada volta por cima ao vivo no XFator na semana passada. Ele encarou o palco e a platéia com confiança, como sempre, um aperto de mão aqui, uma piscadela lá. Estava claro no seu rosto, no sorriso e nos olhos arregalados a surpresa por uma recepção tão enfática. Os espectadores, entretanto, podem ter ficado igualmente surpreendidos pelo fato dele não ter feito uma breve homenagem ao antigo membro do Boyzone, Stephen Gately, que havia morrido menos de 24 horas antes. No entanto, apesar de todos os seus medos e apreensões, o novo álbum é, sem dúvida, o mais forte depois de vários anos. Ser responsável por algumas das melhores canções pop dos últimos 15 anos tem suas armadilhas. No entanto, várias músicas de Reality Killed the Video Star, como Morning Sun e Last Days of Disco, são deslumbrantes o suficiente para trazer de volta os fãs afastados por Rudebox.

 

 Com o ex-parceiro de composições, Guy Chambers, ainda fora de cena, muita perfeição do álbum pop poderia ser atribuída ao seu produtor, Trevor Horn, um homem que teve que construir uma casa cheia de casas de banho só para armazenar seus discos de platina. SOBRE O CATOLICISMO: "Eu não acredito nisso. Estava muito chato, úmido e o sexo era terrível. Há ainda um par de canções que abordam a religião."

 

Qual a posição de Robbie Williams sobre esse assunto esses dias? "Eu não sei onde eu estou com esse tipo de coisas no momento. Eu tive uma criação católica - Era apenas chato, úmido e o sexo era horrível", ele dá um sorriso. "E então eu não tinha ninguém, mas era mais ou menos como 'Sim, Jesus é cool'. Então eu comecei a ter problemas com bebidas e drogas, e eu comecei a aprender sobre o conceito de um poder superior que não era religioso, que era exatamente como ... uma tia de agonia, com 55 -polegadas de bíceps no céu, que cuida de você e quer lhe faz bem. No momento sou ateu. Tenho notado que - eu rezava para o Arcanjo Miguel no outro dia. Ele é um anjo fantástico", diz com um sorriso. "Ele é enorme. Eu queria que ele fosse meu pai. Não, mas realmente ... onde eu estou com todas as coisas que no momento é que eu sou ateu até que a merda atinja o ventilador, então eu vou estar de joelhos mais rápido do que qualquer outra pessoa. "

 

SOBRE TAKE THAT: "Eles estão tendo momentos muito divertidos e eu quero fazer parte dessa diversão": Ecletismo, tanto lírica e musical, é a chave para este álbum. "Eu quero ser Jay-Z. Principalmente eu quero ser Neil Tennant. Eu queria ser Stephen Duffy por pouco tempo. Eu queria ser Morrissey para um pouco. Portanto, há todas essas pessoas que eu gostaria de ser, e considerando que eu realmente não tenho uma filosofia da música que entram ou saem do Take That Take - que não seja 'Quero que este seja um grande som' - eu meio que me permiti ir a todo o mapa musical, é o que eu tenho feito com esse álbum novo ".

 

A pergunta na boca do povo é: Williams vai se reunir com seus ex-companheiros de banda ou não? Ele está aberto - entusiasta, mesmo - sobre a perspectiva. Todos os cinco membros curaram as feridas recentemente participando de uma sessão de gravação em estúdios de Nova York Electric Lady, sugerindo que o novo material está em curso e que a ferida de quinze anos finalmente foi curada.

 

"Nós nos reunimos no ano passado e colocamos todo o sangue mal debaixo da ponte, todos nós concordamos 'Sim, eu fiz isso, e estou arrependido', e era genuína de ambos os lados. E então nós apenas tivemos uma grande noite."

 

"No dia seguinte eu estava tão feliz quanto a isso que eu tenho o símbolo do Take That tatuado no meu braço, e eles estavam vindo para jantar na casa de novo e eu estava animado, e eles saíram do carro e eu disse 'Olhe isso!', e apenas disseram: Você é um idiota", ele ri. "Eu amo o que eles estão fazendo, e acho que o show que eles fizeram levantou a barra. Eu estava olhando para eles e pensando: 'Eu vou me juntar a eles!'. Então, vamos estar fazendo alguma coisa. Quando e onde e como, não sei. Mas eles estão tendo muita diversão e eu quero fazer parte dessa diversão".

 

SOBRE TRABALHO: "Eu poderia sentar e ficar gordo em um sofá, comendo donuts, mas eu acho que eu ficaria mais louco": Ainda há um pouco de voz na parte de trás da cabeça de Williams que, apesar de sua persona pública, parece determinado a manter ele na seleção. "Há muitas regras que ainda permanecem na minha cabeça da época do Take That – 'Você tem que ser amigo da mídia, você tem que fazer amizade com este tabloide, levá-los para jantar fora'.

 

Esses tipos de coisas tem estado na minha cabeça durante os últimos três anos. Eu estive longe, provocando um vácuo, a la meu ex-gerente de Nigel Martin-Smith." Nesse caso, porque não basta sentar em seu estúdio e gravar álbum cheio de hits em potencial e evitar todos da mídia?

 

"Sim, mas um homem precisa de um emprego. Em um ponto, eu ia colocar o álbum para fora e não fazer nenhuma promoção, e não fazer nada. Isso foi cerca de 18 meses, dois anos atrás. Eu tinha um álbum pronto para que a empresa teria petrificado recorde", ele ri.

 

"Havia muitas letras estranhas e sem refrões. Eu queria apenas colocar-lo online. Então, eu estava realmente falando a [seu biógrafo] Chris Heath, que está muito bem informados sobre tudo, e ele disse: 'Sabe, que podem vir através de você não ser incomodado sobre a música, se você fez isso.' E esse foi um ponto de virada em que eu pensei 'Certo, eu vou ter que esperar até eu ter a minha cabeça em torno de estar entusiasmado e confiante o suficiente para voltar'. E também, como eu digo, um homem precisa de um emprego. Eu poderia sentar e ficar gordo em um sofá, comendo rosquinhas, escrevendo músicas e colocá-los na internet, mas eu acho que eu ficaria mais louco."

 

SOBRE O ÁLBUM: "Seria extremamente banal de mim dizer que este é o melhor álbum que já fiz, porque este é o oitavo álbum de estúdio, e eu tenho a dizer por oito álbuns. Mas eu estou muito, muito orgulhoso dele. Sua resposta imediata a algo que você sente que é bom é "Yeah!". Você dança em torno do estúdio, a guitarra do ar em todo o lugar. Em seguida, três meses depois, você vai 'É a merda, é merda. O que eu estava pensando? "

 

"E isso acontece em uma base diária, uma vez que fica mais perto da data de lançamento. Eu sou ou um gênio ou um charlatão ou um imbecil, e muitas vezes todos os três ", diz ele com um daqueles ombros insolente e semi-sorrisos. "Isso é apenas como eu sou."

 

Fonte: http://www.robbiewilliamsbrasil.com/home.php

Publicado por robbiewilliams1023 às 16:53
Link do Post | COMENTAR / Leave a comment | Favoritos
Visita o site oficial: www.robbiewilliams.com

Translate:

Click here to translate for ENGLISH Clica aqui para acessares a versao original: PORTUGUES

 

 

Robbie Williams Photo

Mural De Recados

VOTE NESTE BLOG! Eu agradeço imenso!! =)

                      

Questionário:

__
Achas que o Robbie tenciona casar com a Ayda?
Com certeza! Eles se amam de verdade!
Nao sei!! O Rob e uma pessoa que nunca percebi direito!
Acho que nao, porque para mim o Robbie sempre sera mulherengo e nunca se dara bem 'preso' a alguem!
Eu ainda nao pensei nisso. Mas eu gostava que ele se casase com ela. Nota-se que esta mais FELIZ!
Pufft! Quero la saber! To nem ai pra esses dois!
  
pollcode.com free polls
__
Gostam de ver o Robbie com a Ayda?
Claro! O que eu mais desejo para ele e que seja feliz. Alem disso ela parece gostar dele!
NAO! Odeio-a!! Cara de cavalo aquela!! Tomara que de com a cara no chao!
E me indiferente.. Mas preferia que ele estivesse com outra pessoa!
Sei la... Ele e que sabe da vida dele!
  
pollcode.com free polls
_______________
Achas que o Robbie deveria lancar um album este ano?
Nao - Ele tem direito a umas ferias. Alem disso, quando ele quiser... volta em GRANDE!...
Sim - Porque se o Rob se ausentar muito tempo, vai acabar por ser esquecido...
Nao sei - Ainda nao pensei muito nisso...
Tanto faz - A mim nao me interessa se ele deve ou nao voltar, desde que esteja FELIZ!
  
pollcode.com free polls

                

O novo Livro do Robbie

(em Português) já está

à venda na Fnac e no

Modelo!! Preço: 11.69€

  

                                  

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Downloads...

Download (Free) the B-SIDES, Re-Mixe's and MUCH MORE!... CLICK HERE!!

Questionários

_________________
Qual destas musicas do Robbie Williams gostas mais??
Angels
Let Me Entertain You
Millenium
Strong
No Regrets
She's The One
Let Love Be Your Energy
Rock Dj
Supreme
The Road To Mandalay
Kids (feat. Kylie Minogue)
I will talk and Hollywood will listen
Something Stupid (feat. Nicole Kidman)
Feel
Come Undone
Sexed Up
Something Beautiful
Radio
Misunderstood
Tripping
Advertasing Space
Make Me Pure
Sin Sin Sin
Rudebox
Lovelight
She's Madonna
  
pollcode.com free polls

Arquivos

Abril 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Links

Contador de Visitas

Contatori per sitocontadores web
blogs SAPO

subscrever feeds